O bem me inspira! #SeDesdobra

Os tempos chegaram, e cresce o interesse pela leitura do "Apocalipse", o último livro do Novo Testamento. O assunto é o fim do mundo? É o famoso "Juízo Final" em que ocorrerão fenômenos extraordinários? É Deus punindo com violência e dureza de coração a Humanidade transviada? Não haverá perdão nem salvação para os que erraram, ou seja, para os classificados como "pecadores"? O autor, com rara competência, vai aclarando as complicadas questões, conduzindo o leitor, firmemente, para a convicção de que, como dizia Jesus, Deus é Pai, Justo mas Magnânimo, que não quer criaturas se perca. Ao Deus cruel, vingativo, impiedoso, duro, ressurge, o Pastor zeloso, procurando através de diversos meios, reconduzir todas as suas ovelhas à paz, à fraternidade, ao Amor. Pela maneira como apresenta as predições apocalípticas, com isenção de ânimo, sem fanatismo, ortodoxia, ou dogmatismo, a presente obra indiscutivelmente vem preencher uma lacuna na literatura espiritualista. E certamente agradará aos leitores.

APOCALIPSe, O - JOSE DE SOUSA E ALMEIDA

R$31,00
APOCALIPSe, O - JOSE DE SOUSA E ALMEIDA R$31,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

  • Livraria Feees R. Álvaro Sarlo, 35 Ilha de Santa Maria – Vitória, ES CEP 29051-100 Atendimento de Segunda à Sexta das 8:00 às 19:00

    Grátis

Os tempos chegaram, e cresce o interesse pela leitura do "Apocalipse", o último livro do Novo Testamento. O assunto é o fim do mundo? É o famoso "Juízo Final" em que ocorrerão fenômenos extraordinários? É Deus punindo com violência e dureza de coração a Humanidade transviada? Não haverá perdão nem salvação para os que erraram, ou seja, para os classificados como "pecadores"? O autor, com rara competência, vai aclarando as complicadas questões, conduzindo o leitor, firmemente, para a convicção de que, como dizia Jesus, Deus é Pai, Justo mas Magnânimo, que não quer criaturas se perca. Ao Deus cruel, vingativo, impiedoso, duro, ressurge, o Pastor zeloso, procurando através de diversos meios, reconduzir todas as suas ovelhas à paz, à fraternidade, ao Amor. Pela maneira como apresenta as predições apocalípticas, com isenção de ânimo, sem fanatismo, ortodoxia, ou dogmatismo, a presente obra indiscutivelmente vem preencher uma lacuna na literatura espiritualista. E certamente agradará aos leitores.