O bem me inspira! #SeDesdobra

A atribulada tarefa de servir à causa espírita no meio científico, tão sujeito ao prejulgamento das ideias metapsíquicas, é abraçada por ernesto bozzano, que busca em seus trabalhos demonstrar, por métodos rigorosamente científicos, a existência e a sobrevivência da alma após a morte. Em fenômenos psíquicos no momento da morte são analisadas mais de uma centena de manifestações espirituais ocorridas em situações de falecimento, que, de tão costumeiras, parecem integrar a tradição de todos os povos. Dividida em três partes, a obra investiga, na parte primeira, casos de aparições de entidades no leito de morte de moribundos. Em seguida são examinados fenômenos de telecinesia, como relógios que param ou voltam a funcionar, quadros ou retratos que caem, e outras ocorrências registradas no momento do óbito. Na última parte, o autor apresenta interessante estudo a respeito da música transcendental ou mediúnica. Alucinação? projeção do pensamento? ou ação do subconsciente? ao contrapor os pontos obscuros dessas e de outras hipóteses comumente apresentadas pela ciência oficial para explicar os fatos, bozzano uma a uma as contraargumenta e desvalida. São os mortos, afinal, tão somente a nos dizer que a vida jamais cessa.

FENOMENOS PSIQUICOS NO MOMENTO DA MORTE

R$59,90
Esgotado
FENOMENOS PSIQUICOS NO MOMENTO DA MORTE R$59,90

A atribulada tarefa de servir à causa espírita no meio científico, tão sujeito ao prejulgamento das ideias metapsíquicas, é abraçada por ernesto bozzano, que busca em seus trabalhos demonstrar, por métodos rigorosamente científicos, a existência e a sobrevivência da alma após a morte. Em fenômenos psíquicos no momento da morte são analisadas mais de uma centena de manifestações espirituais ocorridas em situações de falecimento, que, de tão costumeiras, parecem integrar a tradição de todos os povos. Dividida em três partes, a obra investiga, na parte primeira, casos de aparições de entidades no leito de morte de moribundos. Em seguida são examinados fenômenos de telecinesia, como relógios que param ou voltam a funcionar, quadros ou retratos que caem, e outras ocorrências registradas no momento do óbito. Na última parte, o autor apresenta interessante estudo a respeito da música transcendental ou mediúnica. Alucinação? projeção do pensamento? ou ação do subconsciente? ao contrapor os pontos obscuros dessas e de outras hipóteses comumente apresentadas pela ciência oficial para explicar os fatos, bozzano uma a uma as contraargumenta e desvalida. São os mortos, afinal, tão somente a nos dizer que a vida jamais cessa.